Fragmentos

“Omolu é quem faz a transmutação entre o que está morrendo para o que vai nascer. Nestas horas, em que a gente se vê tão desamparado no mundo, a gente olha a morte de frente. A gente sorri pra morte, convida ela pra entrar. Pede um conselho pra morte, porque nada vai ser como era […]