Um milhão de novas palavras

No momento em que (set – 2021), no Brasil, avalia- se qual o grau de adesão popular às manifestações já ocorridas para apoiar o governo do homem sem virtudes e pleno de maldades: o Messias Bolsonaro, no hemisfério norte caminha- se para o outono.

Na foto se vê como são marcantes os contrastes entre o amarelo (amarelado) das folhas e o laranja( avermelhado) que ressaltam os frutos vermelhos de algumas árvores.

A natureza ensina que o vermelho prevalece e que o outono como estação pode ser uma primavera política, em alguns lugares.

Então que tal empunhar nas próximas manifestações políticas, no Brasil, a bandeira vermelha. Aquela que faz bater o coração porque bombeia sentimentos de empatia, de igualdade e de vida, sem medo de ser feliz.

Sabe- se que vermelho é a cor da esquerda, mas no Brasil, para quem não sabe, ser de esquerda nunca significou ser comunista. Infelizmente. Portanto, difícil que venha ser no futuro próximo.

O importante – e esse é o papel das esquerdas brasileiras – é tirar Bolsonaro, agora, já, imediatamente, antes que o país desapareça.Ele nunca deveria ter chegado onde chegou. Melhor seria que não existisse…

Para quem não gosta do PT é possível que haja resistência para juntar- se à corrente de esquerda nos atos que estão sendo convocados para outubro, sucede que o PT não será o único partido nesse movimento, há outros que estarão mobilizados para tirar Bolsonaro do poder.

É bom lembrar que se a população retroceder e faltar a essa convocação sobrará força bruta e grosserias. A perspectiva é que falte energia elétrica porque o governo desse homem gerou uma crise hídrica; que falte paz, respeito e liberdade se ele continuar. Além disso, persistirá a carestia do gás de cozinha, do arroz, do feijão e da carne. Isso sem contar educação e saúde precárias. Evite entrar na estação da miséria.

Reflita bem. Não se abstenha. Leia, informe- se e conscientize-se. Vá aos atos e se proteja contra o Coronavírus: o da pandemia e o que está na Presidência do país.
#ForaBolsonaro

Foto e texto de Maia Betânia Silva

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s