Papo Afinado: Ednardo!

EDNARDO POR LUIZA 12

Foto: Aura Produções – Divulgação Oficial

FCEF tem a honra e o prazer de entrevistar o cantor e compositor cearense EDNARDO, um dos maiores ícones de todos os tempos de nossa MPB.  Compositor da canção ALAZÃO (CLARÕES), em parceria com o poeta Brandão, ele conversou conosco sobre sua carreira e, em especial, sobre a canção que Filipe Catto gravou e que abria, de forma emocionante, o show “Entre Cabelos, Olhos e Furacões”.

FCEF – Você faz parte de uma geração que deixou o nordeste e se mudou para o sul com o objetivo de divulgar o seu trabalho.  Hoje, com a internet e a possibilidade de discos virtuais, a coisa melhorou, ou você acha que ainda é preciso “pegar um ita no norte e vir pro Rio (e SP) morar?

Ednardo – Residindo em Fortaleza, da primeira vez viajei de fusca, depois de avião, todas elas sabendo que estava indo direto aos olhos e tempestades dos furacões. Penso que qualquer artista tem necessidade de estar onde melhor sua arte possa se desenvolver. Muitos procuram o eixo sudeste como plataforma, por pensar que estão mais próximos do que há tempos atrás era centro disseminador da arte e cultura, mas muita coisa mudou e atualmente outros tantos preferem ficar em seus locais de origem e utilizam plataformas virtuais. Cabe a cada um definir suas escolhas e estratégias.

FCEF – 40 anos de carreira e o lançamento de seu DVD Duplo “40 anos de canções”. Fale-nos sobre esse trabalho.

Ednardo – É tempo e espaço, sem dúvida! Mais de quatrocentas músicas e composições e letras, até então, muitos discos e trilhas de cinema, teatro, novela e tantas outras situações musicais. Os DVDs duplos fazem parte do projeto de 40 anos de trabalhos artísticos e canções. É composto, em sua primeira parte, pela gravação ao vivo e na íntegra, de trinta canções que permeabilizam esse tempo em Show no Centro Cultural Dragão do Mar (Fortaleza). A segunda parte é Documentário que aborda, principalmente, algumas participações na década de setenta em diversas nuances, com entrevistas e depoimentos que se complementam em rápida escala de tempos.

FCEF – Várias trilhas de cinema tem sua assinatura e você também tem muito interesse em HQ e literatura alternativa de uma forma geral. Conte-nos um pouco sobre essas outras paixões.

Ednardo – Quatro trilhas de cinema, duas de teatro, outras tantas de TV. Quanto à parte de literatura, leio também os clássicos, as literaturas alternativas e também HQ (acho todas necessárias). Também me interesso por desenhos e artes plásticas. Minha geração, talvez por costume de vivenciar tempos difíceis, aprendeu a garimpar bem mais que o aparente que nos apresentam. Em cada uma das diversas formas existem, de fato, elementos de aprendizado importantes.

FCEF – Como você vê o atual cenário da música brasileira?

Ednardo – Complicado, porém não impossível para quem tem algo mais amplo para dizer e relativamente fácil na superfície mais rasa do consumo rápido. No entanto mantenho credibilidade na parte perene e consistente. A outra parte, mais passageira, não me interessa muito, por opção artística. Penso que artistas jovens, ao terem cuidados, estarão também se preservando em não serem triturados e descartados rapidamente.

FCEF – O que você tem ouvido, e recomenda?

Ednardo – Ouço vários colegas de profissão, tanto profissionais quanto amadores, sem distinções, pois quando tenho tempo de escutá-los, me interessa a música e a música brasileira é muito fértil e seus compositores idem. Claro que é impossível escutar tudo, portanto não pretendo “recomendar” especificamente nomes. A internet oferece tantas opções à escolha…

FCEF – Muitos fãs de Filipe Catto têm interesse em saber detalhes sobre a composição de “Alazão (Clarões). Qual foi a inspiração para a canção ?

Ednardo – Como explicar uma composição e, mais ainda, a inspiração que nos faz realizá-las? Caleidoscópios que se compõem e se justapõem. Figuras do pai e mãe, pessoas próximas são fundamentos na vida das pessoas, também a idealização do “veículo” mágico que transporta a pessoa para outra situação, pode ser animal. Nesse caso, simbolicamente o cavalo. E poderia ser outro elemento da natureza ou o local de origem ou ” insights”. O momento em que é feita a energia na qual está em invólucro existencial… Enfim, não tem como explicar.

FCEF – O que você achou da versão de Filipe para “Alazão”? E a introdução instrumental de “Saga”, composição dele, que foi usada antes de “Alazão”, abrindo os shows?

Ednardo – Muito legal, um bom arranjo no qual sua voz fica à vontade. Ao escutar, pensei que a introdução da gravação da música fez parte do arranjo e não sabia que era de sua autoria. Amigas e amigos que assistiram falam que essa introdução, junto à música, tem impacto visual e sonoro no início do show.

FCEF – Filipe gosta de gravar, fazer shows ou até mesmo mencionar em sua página, compositores e intérpretes que não são de sua geração. Isso agrega novos fãs para artistas, que, de outra forma, talvez não atingissem um público mais jovem. O que você pensa sobre isso?

Ednardo – É louvável quando constatamos que outros intérpretes também se interessam por músicas realizadas por artistas de gerações e segmentos diferentes. Muitos intérpretes de diversas faixas etárias têm regravado minhas músicas e têm dado outras abrangências. Também constato, em meus shows, que as músicas são bem recebidas por diversas gerações, cantando juntas, independente de idades. Penso que a ânima da música tem esse poder que ultrapassa arranjos e interpretações. Existe por si própria.

FCEF – E, para terminar, um pouco de “Filipe por seus pares” aqui no “Papo Afinado”. O que você acha  de Filipe Catto?

Ednardo – A primeira vez que ouvi falar de Filipe, foi através de email que ele próprio enviou, dizendo que gostava de minhas músicas e que cantava uma delas em todos os shows: “Alazão”, porque tem para ele significado simbólico. Outra vez foi no show de lançamento do disco do centenário de Luiz Gonzaga, em São Paulo.  Gosto da voz dele e interpretações e de sua atitude no palco como artista e pessoa.


Para conhecer mais sobre Ednardo, acesse suas redes sociais e o site oficial.

Site Oficial

Página no Facebook

Canal no You Tube

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s