Memória: Anaïs Nin

20200218_161603

Eu escolho um homem que não duvide da minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher” (Anaïs Nin).

Nascida na França, em 21/2/1903 e tendo morado por alguns anos nos EUA, Anaïs Nin foi uma daquelas mulheres totalmente à frente de seu tempo. Voltando a morar em Paris, nos anos 20, conviveu com grandes escritores e pensadores de sua época como Antonin Artaud, André Maurois e Henry Miller o que viria a ifluenciar fortemente sua literatura, com forte teor erótico e uma visão feminista.

Sua relação de amizade e também afetiva com o casal Henry e Jude Miller rendeu romances, crônicas e muitas páginas de seus diários íntimos publicados em vários volumes.

Em 1990, seu romance “Henry e June” vira filme, com direção de Philip Kaufman e tendo no elenco nomes como Uma Thurman, Kevin Spacey e Maria de Medeiros no papel de Anaïs. É um filme delicado, sensual, e que mostra a visão feminina de um relacionamento a três, que mais do que uma relação erótica, serviu como autoconhecimento para os envolvidos.

Com a 2a Guerra Mundial, Anaïs volta a morar nos EUA, mas sua obra só foi valorizada mesmo a partir dos anos 50. Anaïs Nin faleceu aos 73 anos, em Los Angeles.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s