Lanterna Mágica: Divino Amor por Romulo Fróes

20190727_062208

Aconteceu a mesma coisa de quando assisti a Boi Neon – talvez de um modo mais agudo dessa vez, saí do cinema sem saber se Divino Amor era um filmaço ou se era mais um exercício de cinematografia meramente intelectual e vaidoso. Só essa dúvida já me dava a certeza de estar diante de uma obra complexa, diferente da quase  totalidade da produção artística contemporânea, ensimesmada, sem imaginação. Pois bem, assim como aconteceu com Boi Neon, o filme finalmente bateu e posso lhes  assegurar: Divino Amor é um Filmaço!

Gabriel Mascaro vem construindo uma filmografia que certamente já se posiciona entre as maiores do cinema brasileiro. Tenho que dizer que foi fundamental para a minha melhor compreensão do filme, ler duas críticas fenomenais e iluminadoras: uma do meu velho parça Juliano Câmara e outra de uma  feliz e recente descoberta, a Carol Almeida. Além de uma espetacular entrevista que Gabriel concedeu ao Juliano, o meu outro parça Bernieoak e pro Victor Guimarães. A entrevista e a crítica do Juliano estão na Revista Cinética e a crítica da Carol está em seu blog Fora de Quadro. (Links abaixo)

Assista ao filme, leia o livro e viva o cinema brasileiro!

(Romulo Fróes)

Crítica de Juliano Gomes

Crítica de Carol Almeida

Entrevista com Gabriel Mascaro


Filipe Catto em Foco reproduziu o post acima -originalmente publicado no Instagram de Romulo Fróes – com a devida autorização do cantor e compositor.


 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s