Papo Afinado: Fabiane Pereira!

Ela é jornalista, radialista, escritora e tem um canal de vídeo no You Tube chamado Papo de Música.  Apesar de bem jovem, ela já tem experiência e muita cancha em sua profissão. Agradecemos à gentileza de Fabiane por ter conversado com a gente.

IMG-20190314-WA0000
Foto: Arquivo pessoal de Fabiane

FCEF – Fale um pouco de sua trajetória pessoal e porque resolveu entrar no ramo do jornalismo musical.

FP – Sempre quis ser jornalista e atuar na área cultural – e quando digo “sempre quis”, não é clichê. Minha mãe conta que aos quatro anos eu já dizia que “seria escritora de jornal”. Meus pais sempre tiveram o hábito de ler em casa e eu sempre achei a cena singela: meu pai, uma xícara de café recém passado, o cigarro e o jornal. Tenho pouca lembrança dos meus pais juntos na minha infância (meu pai era comerciante e chegava em casa quando eu já estava dormindo), mas o café da manhã era sagrado e a lembrança desta cena me comove até hoje. Ainda na faculdade fui estagiar no departamento de comunicação da gravadora Sony Music, por completa obra do destino, de lá fui pra Deckdisc e, em seguida, pras rádios do grupo O Dia de Comunicação (FM O Dia e MPB FM). Um ano depois, a MPB FM desvinculou-se do grupo e tornou-se independente e eu passei a fazer parte da equipe da rádio. E do rádio eu nunca mais saí embora realize vários projetos em paralelo.

fabi-8
Foto: Arquivo pessoal

FCEF – Ainda são poucas as mulheres radialistas. O que pode ser feito para mudar este panorama?

FP – Na verdade, ainda são poucas mulheres em cargos de chefia no mercado musical. Há muitas mulheres trabalhando com / na / para a música. A mudança tem sido lenta mas gradativamente, ano a ano, centenas de mulheres são inseridas neste mercado. Nossa mão de obra é muito qualificada e certamente desenvolvemos um trabalho diferenciado que contribui muito pro mercado.

FCEF – Quais são as outras jornalistas que te inspiram?

FP – Muitas jornalistas me inspiram. Mas vou citar duas: Patrícia Palumbo, radialista maravilhosa e Marília Gabriela, entrevistadora exemplar.

FCEF –  O programa Faro MPB, veiculado inicialmente pela MPB-FM do Rio de Janeiro foi o primeiro lugar onde você trabalhou, ou já tinha participado de algum outro programa anteriormente?

FP – Fui estagiária em muitas empresas de comunicação durante a faculdade, repórter/produtora de cultura da GloboNews e da TV Brasil antes de entrar pra MPB FM. Após 8 anos trabalhando na rádio, passei a comandar o FARO.

FCEF – O que você acha da cena musical atual?

FP  – Plural, criativa e extremamente qualificada.

FCEF – Por que morar em Portugal?

FP – Porque fui fazer um mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologia da Informação. 

FCEF – Como é, a seu ver, a aceitação dos artistas brasileiros na Europa?

FP – Os artistas brasileiros são muito bem recebidos em qualquer lugar do mundo. Na Europa não é diferente. Acho a audição do estrangeiro, na maioria das vezes, mais atenta do que a dos brasileiros. Nossa música é a mais plural do mundo e essa mistura rítmica encanta a todos. 

FCEF – Você acaba de inaugurar um canal no You Tube onde entrevista artistas. Fale um pouco sobre ele.

FP – O Papo de Música nasceu com a intenção de levar pro Youtube entrevistas com artistas dos mais variados gêneros musicais por meio de uma linguagem descontraída que valoriza o conteúdo e flerta com a intimidade.  A ideia do canal veio da minha vontade de ampliar meu leque de entrevistados. Como o FARO tem um recorte bastante restrito – apenas artistas da “Nova MPB” – e sempre esteve inserido na programação de rádios com editoriais bastante definidos, nunca conseguia entrevistar artistas de gêneros mais populares nem nomes consagrados. Daí minha vontade de criar um espaço onde eu pudesse entrevistar todos os artistas que eu admiro, independente do gênero musical que ele representa. Toda semana, sempre às terças, 21h, uma entrevista inédita e exclusiva é exibida no canal. O papo íntimo e repleto de afeto está presente em todos os vídeos. Minha proposta é levar pra maior plataforma de compartilhamento de vídeos do mundo um conteúdo jovem e de qualidade com artistas que fazem da nossa música o maior patrimônio cultural do Brasil.

FCEF – Você já tem algum livro publicado ou pretende publicar um ?

FP – Já tenho dois. “Som & Pausa” e “amadorA”. No segundo semestre deste ano, publicarei meu terceiro livro, ainda sem nome.

FCEF – E sua relação/ contato com Filipe Catto, como começou?

FB – Eu não me recordo nem quando nem onde conheci o Filipe, mas estreitamos nossa relação com o passar dos anos. Acho o Catto um artista mais que necessário nestes tempos de cólera.

FCEF – Fale um pouco sobre seus projetos futuros

FP – Casar, ter três filhos e lançar meu terceiro livro.

Uma das entrevistas mais descontraídas e deliciosas que Filipe concedeu nos últimos tempos, foi pra Fabiane, no canal “Papo de Música”.  Assistam!

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s