Uma noite na Caixa Cultural de Fortaleza – Por Zeca Lemos

SAM_0777

Uma oportunidade para acompanhar um cantor de quem até então eu apenas ouvia falar. Essa ocasião me trouxe uma percepção nova que surgiu como uma visão de luz em uma noite com poucas estrelas.

Apesar da apresentação ter sido um tributo a uma outra artista, consegui enxergar os traços de vida no cantor. Assistir àquele espetáculo não foi como apreciar um show, assemelhou-se à experiência de viver a escritura de um roteiro lapidado, com aspectos técnicos ( principalmente a direção de arte e o plano sequencial das músicas) em suas formas mais plenas.

A atmosfera proporcionada pelo ambiente me fez ver que estética tem pouca importância em construções como essa; o que realmente se sobressai é a paixão. Tão bonita a paixão demonstrada por Catto ao entoar cânticos fazendo alusão a uma de suas referências musicais, tão lindo o sentimento emanado, tão pura a forma de prestigiar os fãs após o show como se todos fossem amigos de infância!

Eu poderia tentar enumerar os adjetivos que um artista como esse merece por fazer um trabalho tão ímpar.  Entretanto esse gesto seria equivocado, pois, por mais que existam palavras bonitas, nenhuma seria capaz de qualificá-lo.  A arte dele  se esmera, sobressai; mas o humano nele saltas aos olhos e deslumbra.

Zeca Lemos

(17 anos)

Blog: Palavreares

SAM_0752

6 thoughts on “Uma noite na Caixa Cultural de Fortaleza – Por Zeca Lemos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s