Super Fi e a Prática dos R’s: Reciclar

RECICLAR OK

RECICLAR

“submeter à reciclagem, processar para que se possa reutilizar; atualizar(-se), requalificar(-se)”

Aprendendo a reciclar

Nos anos 70 já havia a preocupação com a preservação ambiental e foi nesse período que surgiu o conceito de reciclagem.

Nessa época teve inicio o processo industrial de reaproveitamento de diversos tipos de materiais e o que antes era destruído passou a ser reciclado ou reaproveitado.

Reciclar faz parte das atitudes sustentáveis cujo principal objetivo é a defesa e proteção do meio ambiente.

A reciclagem é a soma de várias ações que visam aproveitar detritos que teriam como destino o lixo, ou a utilização dos que foram dispensados, mas podem ser recuperados ou transformados.

A produção de lixo aumenta a cada dia. Para se ter uma ideia da quantidade, basta imaginar a quantidade de lixo que gera um recém-nascido, com o uso de fraldas descartáveis e outros utensílios que são dispensados ao longo do tempo – chupetas e bicos de mamadeiras, que são feitos de borracha, ou os lenços de papel.

O fato é que milhares de toneladas de lixo são recolhidas diariamente nos hospitais, nas escolas, fábricas e residências e a tendência é aumentar mais a quantidade de lixo produzido.

A sustentabilidade passa por medidas que estimulam as formas alternativas de reciclagem, armazenagem em local autorizado para tratamento e, em último caso, a incineração.

Porém, a incineração só deve ser aplicada em casos extremos devido à poluição da atmosfera. Já a reciclagem é a solução para o lixo inorgânico.

A importância dessa atitude se traduz no reaproveitamento de papéis, vidros, plásticos e metais, o que resulta em economia e geração de emprego e renda, além da redução significativa do consumo de matéria-prima.

Ela é feita em empresas especializadas e de grande porte e possuem a infraestrutura necessária para atender a grande demanda de material que recebem diariamente.

No entanto é possível reciclar em menor escala na própria casa utilizando pouco espaço e aproveitando materiais reutilizáveis.

E esse hábito proporciona a oportunidade de criar um passatempo saudável e a consciência de preservação da natureza.

Uma forma simples de fazer a reciclagem doméstica é reaproveitar as garrafas de plástico, uma vez que é possível fazer peças decorativas e de utilidade com esse tipo de material.

Outro exemplo é o óleo de cozinha ou óleo de fritura que pode virar sabão de ótima qualidade.

E, por fim, aqueles que moram em áreas com quintal grande e, com bastante terra, poderão também enterrar boa parte do lixo orgânico, que irá se transformar em adubo natural.

Fonte: http://www.atitudessustentaveis.com.br/artigos/importancia-reciclagem/

IMG_20150805_124400_441

Uma embalagem de entrega de pizza que se recicla e se torna um belo quadro

IMG_20150811_103628_074-1 (1)

Um pneu reciclado que se transforma em um Flamingo

One thought on “Super Fi e a Prática dos R’s: Reciclar

  1. Curitiba já tem a tradição de trabalhar com a reciclagem e discutir o tema com as crianças pequenas, das escolas municipais …
    Acaba se tornando uma prática comum para nós separar o “Lixo que não é Lixo” !!!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s